terça-feira, 4 de outubro de 2016

Esperas...


E essa moça aguarda ansiosamente os acontecimentos de cada dia
acolhe as palavras daquele rapaz, e cada palavra aumenta o sentimento que há no coração dela.
e ela é feliz mesmo sem ainda tê-lo, é feliz no sorriso que viu, no abraço que sentiu, aquele que ela não mais esqueceu.

Ela espera diariamente o capitulo de sua história que embora seja dela, é traçada pelo seu Senhor a quem  confiou a vida, suas dores antigas e seu coração, e ELE tem curado cada dor, cada ferida, ELE tem cuidado de cada passo seu.
Por confiar nesse Deus ela espera, ora e confia e já sabe o que receberá: a promessa feita a anos.
Não sabia a razão de tantos nãos antigos e tantas lágrimas derramadas, de tanto sofrimentos com as paixões desse mundo, não sabia o que Ele lhe traria, apenas orava e confiava, e era tudo que ela tinha, um coração dolorido, machucado por outros, mas acima de tudo tinha fé.
E foi essa fé que a manteve de pé, orante, confiante em meio tantas tribulações e de uma forma toda especial Deus lhe respondia, deu rosto nome e sobrenome a suas orações.
Há um ano Deus começava um novo capítulo, o mais bonito capítulo da sua história, promessa real, DEUS demora porque capricha, e ela acreditava nisso, Ele demorou anos, mas o tempo chegou, as respostas tem sido diariamente as mais lindas.
Uma mensagem de Bom dia.
Uma imagem...
Um vídeo...
Uma frase...
Uma música que lembre de coisas que ainda não viveu, mas que tem sonhado em oração.
Essa moça que sofreu, hoje é feliz pelo que Deus tem permitido em sua vida, a felicidade ainda não se completou, há passos que só podem ser dados no momento determinado pelo Senhor, mas é feliz de ver a promessa tonando realidade, forma, cor e um testemunho lindo.
Ela espera, confia e ora.
Deus ver sua espera, sabe que confia e dará por completa e realizada a promessa que antes lhe fizera.

Lindo é ver o agir de Deus, saber que ele lhe é fiel e que no tempo certo ele dará tudo segundo a sua vontade.



Texto; Sandra Nóbrega


sábado, 21 de novembro de 2015

Testemunho sobre a Confissão.

Há muitos anos atrás, dei meu SIM ao Senhor e a missão, fiz a 1ª Eucaristia e a partir daquele momento o Senhor me seduziu de tal forma que meu ser já não tinha sentido sem Ele, me engajei em diversas pastorais e movimentos e a cada dia, ser missionária me encantava, porém não conseguia passar pela confissão, o medo, a vergonha, tomaram conta de mim, e eu não me sentia estimulada ao sacramento da reconciliação, 
Mal sabia o que Deus já havia preparado pra esse ano de 2015, enviou profetas, com palavras santas, testemunhos fieis que foram boca de Deus na minha vida. E chegava o mês de agosto, congresso por Cura e Libertação da Rcc Santa Luzia, durante a oração para a 2ª Pregação do dia 29 de agosto, o Senhor nos falou através do irmão Adriano, vontade de Deus que se instalava em nós, uma profecia, um sinal do seu amor por seu exercito, um clamor de libertação vinha sobre nós, era pra ser ali, diante dEle mas não foi, mas a profecia não caiu por terra, após a pregação chegando em casa o Senhor me surpreendeu, eu cantei, chorei, e Ele me deu pronto o clamor que ele queria ouvir do seu povo, em forma de canção.

Liberta, Liberta, Liberta teu povo Senhor!
Liberta, Liberta, Liberta teu povo Senhor!

Da surdez que me impede de ouvir
Da cegueira que me impede de ver
Só quem pode curar és tú Senhor.

Da opressão que só me faz chorar
e da vida desanimar
só quem pode curar és tu Senhor. 

Que caia por terra agora
as amarras que me causam dor.
Que caia por terra agora
as amarras que me causam dor.
 Liberta, liberta, liberta teu povo Senhor...

A profecia se cumpria naquele mesmo dia, mas o maior ainda estava por vir sobre minha vida, comecei a querer a libertação da qual a canção profética falava, eu já havia cantado, me emocionado, chorado, mas eu queria mais, eu queria viver...
 Adriano, boca de Deus nesse momento, me falava: Irmã, quer viver isso em plenitude vá se confessar, de inicio dizia sorrindo e eu sempre adiava, até que um dia ele me exortou sério: Irmã vá se confessar, eu estou falando sério, falando em Deus, ordem de Deus. confesso que isso doeu momentaneamente, mas ao chegar em casa ele veio com a misericórdia e disse-me: Irmã vamos rezar para que você consiga ir a confissão? E eu aceitei imediatamente, começamos nesse dia uma guerra contra o mal, o medo, a vergonha.
A novena de pentecostes nove dias orando e clamando pela dádiva da minha confissão, o que me chamou atenção foi que ele não me mandou rezar, não jogou uma novena nas minhas mãos apenas, mas fez como Jesus faria, orou comigo e por mim. Jejum, Oração e atenção a palavra e a voz de Deus me levaram até o sacerdote que me acolheu como Jesus me acolheria, ouvindo atentamente, percebendo os detalhes da conversa, aconselhando e liberando o perdão de todos os meus pecados.
Pois a palavra do Senhor é clara, é verdade e luz e diz:
 Mateus 16,18-19

18-Da mesma maneira Eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. 19-Eu darei a ti as chaves do Reino dos céus; o que ligares na terra haverá sido ligado nos céus, e o que desligares na terra, haverá sido desligado nos céus”.

Criatura nova, eu fui e sou após aquela confissão, me senti acolhida pelo próprio Senhor, me senti amada por Deus, digna de está na presença do pai, de cantar seu amor e comungar seu corpo e sangue doado por mim.
De fato hoje posso cantar que o Senhor liberta seu povo, e me libertou de tudo que sofri e passei.
Nesses dias de pós confissão posso proclamar: 20b-E, desse modo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. E essa nova vida que agora vivo no corpo, vivo-a exclusivamente pela fé no Filho de Deus, que me amou e se sacrificou por mim. 21-Não torno inútil a Graça de Deus; porquanto, se a justiça pudesse ser estabelecida pela Lei, então, Cristo teria morrido em vão!”(Galatas 2, 20-21)

O catecismo da igreja fala também sobre a importância da confissão:

1422. «Aqueles que se aproximam do sacramento da Penitência obtêm da misericórdia de Deus o perdão da ofensa a Ele feita e, ao mesmo tempo, são reconciliados com a Igreja, que tinham ferido com o seu pecado, a qual, pela caridade, exemplo e oração, trabalha pela sua conversão» . 

APÓS A CONFISSÃO O ESTADO DE GRAÇA ACONTECE, E SOMOS VERDADEIRAMENTE LIVRES.

1425. «Vós fostes lavados, fostes santificados, fostes justificados pelo nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito do nosso Deus» (1 Cor 6, 11). Precisamos de tomar consciência da grandeza do dom de Deus que nos foi concedido nos sacramentos da iniciação cristã, para nos apercebermos de até que ponto o pecado é algo de inadmissível para aquele que foi revestido de Cristo (7). Mas o apóstolo São João diz também: «Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós» (1 Jo 1, 8). E o próprio Senhor nos ensinou a rezar: «Perdoai-nos as nossas ofensas» (Lc 11, 4 ), relacionando o perdão mútuo das nossas ofensas com o perdão que Deus concederá aos nossos pecados. 
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,21
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,21
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,21
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,21

Agradeço e louvo ao Senhor por me permitir tamanha graça, de viver esse amor reconciliador que é a santa confissão.

Obrigada Senhor, pela profecia cumprida, pelo profeta anunciador dessa profecia- Adriano Herculano- RCC GURINHEM, pela minha igreja santa, una,católica e apostólica romana, pela Rcc que é minha essência como cristã e meu jeito de ser igreja, pelas pastorais, serviços e chamados que me ajudam a buscar a santidade.

Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,21
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu inutilmente! "
Gálatas 2:20,
     A confissão é um pedacinho no céu já aqui na terra.

 

terça-feira, 16 de junho de 2015

Solidão

Muitas vezes questionamos as pessoas os que sofrem com males emocionais e psicológicos, mas  questionar o que nunca sentiu é injusto com os que sentem.
A solidão, o desânimo,  depressão e tantos outros problemas requer atenção, ajuda.
Como questionar os motivos de uma pessoa que se suicidou, sem ter passado pelas mesmas dores e crises existenciais? 
Como medir a dor do outro?
Como não se compadecer dos que perdem o sentido da vida, que não tem mais motivos e sonhos para seguir?
A resposta é colocar-se no lugar do outro,  sofrer junto, e por fim estender a mão. Os que sofrem de solidão precisam apenas de alguém que mesmo em silêncio, doe um pouco do seu tempo.
Só quem já sofreu assim, sabe o motivo pelo qual muitos colocam um ponto final em suas próprias vidas.
Sem razão pra viver.
Sem sonhos pra realizar.
Sem ter buscado o sentido da vida.
Como e para que continuar vivendo? Depois de muito observar eu já não julgo mais aqueles que para matarem a dor que há em seu ser, tiraram a própria vida.
Uma realidade triste, não é utopia é a realidade desse século.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Quando?


Foi preciso chorar para a dor se dissipar.
Foi necessário calar para essa dor não aumentar.
Esconder a dor de todos, e desabafar em baixo do chuveiro, do meu travesseiro.
Onde o dia pareceu ter multiplicado as horas e tudo foi longo.
Quando eu sorri com o coração doendo.
Quando fiz o melhor é fui pior.
Quando pensei demais nos outros e esqueci de mim.
Quando o vazio de minha alma foi tão grande, que eu me senti como o próprio abismo.
Quando amei demais e não me amei o necessário.
Quando será diferente?
Quando?

sábado, 16 de maio de 2015

Cansei.

Hoje eu pedi a Deus para te esquecer e tirar você não só da mente, mas principalmente do meu coração. 
Hoje eu quis de verdade poder arrancar de mim esse amor, ele insiste em ficar, em machucar, insiste em te querer.  Mas como amar tanto assim se você diz que me amar e continua com a outra?
Se diz sentir aquele mesmo amor, porque ficar com ela? Eu cansei das palavras, quero atitudes pois palavras encontro em todo lugar.
Me restam apenas aquelas lembranças, aquele olhar, aquele amor, aquele toque, aquele beijo, apenas lembranças...
Minha saudade é o passado no meu presente.
Sabe, eu cansei. Se me amas porque não fica comigo?

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Apenas você...

Queria que minha saudade me transportasse pra bem perto de você, que ela me oportunisasse um abraço, que me levasse até seu colo, pra ter seu afago, sentir seu cheiro, escutar o som de sua voz, sentir sua respiração, queria que ela me devolvesse tudo que de mim já tirou.
Queria que ela, a saudade, fosse embora  e que não viesse fazer visitas, até mesmo aquelas bem breve.
Queria de volta tudo o que tenho guardado na mente e no coração. Queria seu amor, seu carinho e sua atenção.
Queria você, apenas você.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Amar...

As vezes penso que amar demais é errado, ou muitas vezes amamos da forma errada.
querendo as pessoas apenas pra nós mesmo, sofre muito que ama assim, sofre quem ama e é amado dessa forma.
Não queremos que a pessoa amada sofra, queremos está perto, queremos atenção, carinho e isso vai sufocando o outro. É uma carência que o ser humano possui, lacunas que ao longo da vida foram deixadas em aberto.
Vez por outra imagino que  tudo acontece porque no fundo queremos nos sentir amados e  cuidados e quando encontramos alguém disposto a isso, lançamos toda expectativa e a necessidade de suprimir essa carência, nesse que se aproxima.
É, não é bem assim ninguém merece ser cobrado pelo que não fez, o bom mesmo é valorizar o que a pessoa pode e está disposta a fazer, se for amar, com sinceridade e verdade,  aos poucos essas lacunas serão preenchidas,  e aquilo que um dia faltou pode ser superado.
Aprendamos a amar como se deve, é tão difícil conviver com um amor minguado e cobrado, amor é dado na gratuidade e sem cobrança excessiva. Amor por amor apenas.
Vamos viver e aprenderemos.
Vamos viver e amar.